segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Refazendo a 1ª meta da bebida - 1 ano e 9 meses

Começando com a sinceridade da prestação de contas. Não. Não consegui cumprir o que me propus para a semana que passou. Não consegui não beber cerveja de segunda até sexta. Pelo contrário, bebi todos os dias. Os motivos? Ou melhor, as desculpas... bem, nada muito consistente.
Vou tentar repetir a resolução essa semana. MAs acho que vou dar uma  afrouxada para eu conseguir cumprir. Vou colocar dois dias. Dois dias sem cerveja. Apesar de estar MUITO, MUITO quente esses dias. O que favorece muito uma cervejinha...

No fim de semana mais uma vez não caminhei no parque. O que é muito negativo pois é um passeio que eu gosto e favorece muito a tentativa de encontrar outros prazeres além da comida. Uma das minhas grandes missões. Faz bastante tempo que não faço isso e fica claro que é mais um tipo de boicote. Vou tentar fazer isso também essa semana. Melhor eu não colocar uma meta muito absurda. Talvez duas vezes.

Ontem senti (de novo) saudade do tempo que eu conseguia parar de comer. Eu nem me lembro como é esperar 3h para comer. Ontem eu fui à casa de uma amiga. Somos em três muito amigas. Uma delas me perguntou/afirmando: e vc? Tá super bem, né? E eu, como uma bexiga que acabou de encostar na ponta de um alfinete bem afiado: "ahhh engordei". Ela nem titubeou em discordar: "mas vc estava muito magra". Grrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr "Mas agora vc parou de engordar, né?" Meu, eu já tinha ficado nervosa e a conversa foi uma sequência de bate-volta muito rápida e eu vomitei: 'mas estou tomando remédio pra ansiedade'. E ela:"o quê?" Eu: tudo, fluoxetina, tudo..." "ah, pelo menos...." (era a 3ª vez que ela tentava continuar essa frase, mas não achava as palavras). Como sempre, após "me abrir", fico arrependida de ter sido muito íntima e fico me sentindo exposta. Mesmo ela sendo tão minha amiga, saber que eu estou a base de remédios..

Essa semana, após quase um ano de atraso, finalmente fiz a endoscopia de um ano. E o médico me contou que o pai dele fez e hoje é um rato de academia. E que se eu não fizer execícios, engordo mesmo. Porque a anasmotose aumenta e as pessoas comem normal, enfim... me sentir mato l (muito mal) por estar tão displicente..  Mal tinha voltado à consciência e acabei comentando com o meu pai que o médico falou  veementemente o quanto era arriscado eu voltar a engordar tudo de novo e que eu já tinha engordado. Fiz isso na tentativa de finalmente mobilizar meus pais de alguma forma para que eles parem de me encorajar tanto a comer, comer, comer.. e entendam, de uma vez por todas (apesar de tanto eu falar e fazer de tudo para que entendessem). Quando chegamos em casa, eu estava no banheiro quando ouvi meu pai comentando o assunto com minha mãe. E, infelizmente, eu a ouvi cortando com uma voz forte: "é normal". Fiquei tão triste e decepcionada com a falta de apoio, minimizando o problema. enfim.. 
Tentando melhorar essa semana...

Semana:
- Ficar 2 dias sem beber
- Caminhar 2 dias
- Praticar o "FAÇA" 
- Tentar colocar mentalmente prazos para atividades no trabalho para diminuir o perfeccionismo
- Falar com meu irmão sobre o dentista / planejar Dr Renato

Bem devagarinho, vou tentando me organizar para dar espaço a outras coisas além da comida. Percebo que tem que ser devagarinho para que eu mesma "não perceba" e seja poderosamente reativa. Tenho que parecer ser sorrateira e inofensiva. Ficar à espreita e ir ganhando espaço,bem devagar. Estou pensando em adotar isso como minha tática.





6 comentários:

Nova mulher disse...

oi!!!!!!!!!

não deixe de postar, se abrir eh bom, ajuda a entender os proprios sentimentos.....

a academia é uma boa opção, deve ter algo que vc goste.... eu soh consegui me encontrar na academia quando entendi que é a musica que me move, entro la na academia meto os fones de ouvido e esqueço de onde estou esqueco que tem pessoas me olhando.... enfim sou apenas eu e a musica =)

eu tb caminho no parque, gosto de sentir o cheiro de mato, ver esquilos e ter medo deles kkkkkkkk....

se encontre, VC TEM QUE ENCONTRAR ALGUMA ATIVIDADE FISICA QUE TE DE PRAZER.... pelo menos uma ....

nao desista de vc.... trace UMA meta por semana e tente se focar nela.... e não se sinta mal por estar exposta ou algo do tipo, DEIXE DE LIGAR PRO QUE OS OUTROS PENSAM e ligue apenas pro que vc pensa de si mesma..... apoio eh bom, eh otimo .... mas se n tiver apoio apenas se apoie em vc mesma... bj no coracao

Keila Lin disse...

Olá!
Venho acompanhando seus posts há um tempo, desde qndo decidi fazer a cirurgia, e queria te dizer que até hoje foi o blog que mais me ajudou.

Não deixe de postar! Fico mto feliz qndo tem algum post novo pra ler!
Saiba que seus "desabafos" são muito construtivos pra mim!

Um grande abraço e te desejo força na sua caminhada diária. Que Deus a ilumine!

Nati W. disse...

Oi flor que bom q vc voltou. Faça um instagram, mtas meninas operadas se apoiam. Vc precisa começar a procurar a felicidade dentro de vc. Pq os remédios ñ podem ser tomados para sempre. Faça algum exercício que te dê prazer e ñ seja obrigação. Lembre-se que vc pode escolher a cada segundo um coisa nova e diferente na sua vida. Vc precisa mudar a vibração negativa para positiva. Ser grata por ter conseguido fazer a cirurgia e ter emagrecido muito mais do que mta gente. Pare de querer aprovação e preocupação e atenção dos seus pais e se importar com a opinião deles. Assuma o controle e as rédeas da sua vida e a responsabilidade por vc. Ninguém está no controle da situação a não ser vc. Os remédios são apenas uma maquiagem. Vc faz as escolhas. Escolha se amar. Terapeuta, psicólogo e psiquiatra nenhum vai resolver o seu problema se vc ñ se amar em 1o lugar. Compulsão tem tudo a ver com buscar amor fora de vc e não do lado de dentro. Leia ISHA JUDD (Pq caminhar se vc pode voar?) ou assista videos dela no YouTube , tb Joe Vitale (Limite Zero), o André Lima EFT acabou de lançar vídeos sobre fome emocional... Faça um esforço para se amar mais do que tudo e todos e tenho crtz que vc irá conseguir superar isso e mudar sua vibração. Fico feliz que tenha voltado para o blog. bjoss

Nati W. disse...

Amore,
olhe esse programa
de controle emocional
focado em compulsão alimentar
http://www.andrelimaeft.com.br/entrevistas-emagreca-sem-autossabotagem/
www.andrelimaeft.com.br/emagrecer

Atyria Isis disse...

Boa tarde!!!

Tenho seguido seu blog faz bastante tempo. Vou fazer a cirurgia e é bom conhecer a vida de quem já fez e saber da parte boa e da ruim...
Meu principal medo hoje, é sem dúvida a cerveja!! Vou ficar 7 meses sem beber... o que vou fazer? Vou ser a estranha quando sair com meus amigos? E quando eu puder voltar a beber... vou acabar exagerando???
Essas dúvidas estão me daixando de cabelo em pé!!

Não pare de escrever, não estamos aqui para julgar, e sim para passarmos por tudo juntas.... cada uma em seu estágio em relação ao peso e a cirurgia... mas estamos todas no mesmo barco!

Beijos

http://pesonopassado.blogspot.com/

Cecilia disse...

Oi, caí de paraquedas aqui no seu blog e venho apenas deixar umas palavras gentis. Eu compreendo sua dor e as dificuldades diante da comida e da bebida e quero lhe desejar muita força pra superar os obstáculos da compulsão e da ansiedade.
Não tenha dúvidas de que você merece ser feliz.

Um abraço

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...