sexta-feira, 18 de abril de 2014

17.04.14 - Primeiro vexame social (1 ano)

Depois que voltei a beber semana passada e vi que beber não me causava mal estar, marcar um happy hour pra conhecer a namorada do meu irmão e aproveitar pra ir num boteco que eu estava com saudade foi a primeira providência.
Aguardei por esse dia como criança espera o Natal, pois adoro um happy hour. Esse dia foi ontem, véspera de feriado.
Sei que tinha tudo pra estragar a noite pela fácil absorção do álcool e tal, mas comigo nada disso acontece... Bebi mais e mais rápido que as outras pessoas. Comi uma deliciosa porção de file mignon numa ótima.
De lá, decidimos ir a uma cantina italiana (ideia minha). Uma delícia de cantina, muito colorida, barulhenta, muitos músicos, enfim... tudo que se espera de um ambiente de cantina, rs. Escolhi um prato maravilhoso que ia dividir pois....
Logo que cheguei, comecei errado... eu estava absolutamente fissurada, doida, ansiosa, sedenta por cair de boca no couvert de pão italiano. Quando voltei do banheiro, vi que eles tinham recusado o couvert, mas eu, gorda, fiz questão de chamar o garçom e pedir. Comecei a comer e já fiquei cheia... eu não consegui nem me concentrar no cardápio pra escolher decentemente... fui comendo e tacando molho de berinjela, manteiga e sardela... ah e uma fatia de berinjela cheia de molho e queijo derretido. Eu estava cheia mas não conseguia parar de comer, especialmente sardela com torrada temperada. 
Deu merda. Começou a me dar um mal estar muito grande. Fui tomando suco de abacaxi pra ver se ajudava. Quando chegou nosso prato lindíssimo de massa recheada com molho de vinho, eu tive que sair da mesa e ir dar um tempo no banheiro. A minha vontade era de deitar no chão ali mesmo pra esperar passar. Depois de um tempo meu irmão me pegou no banheiro e deitei no sofá na entrada da cantina e acabei com a noite de todos. Depois vim pra casa com todos me amparando. A cochilada que dei deitada no banco de trás do carro foi milagrosa e cheguei inteira e...
Inconformada comigo mesma!!!!!!!!!!!!!! Eu não precisava ter feito muito. Eu já tinha bebido, comido petisco de carne, era só ter segurado a compulsão do pão até a chegada do prato. Eu, com certeza, teria comido sem problema absolutamente nenhum, teríamos tido uma noite agradável, sem intercorrência nenhuma, super noite de gente normal, nem ia parecer uma bariátrica, teria enfiado o pé na jaca mas valendo a pena...
Fiquei passando mal (mas nem assim vomitei) por causa de uma porra de uma sardela (não compensa) e estraguei a noite. Que burrada!!!!
O episódio reforça o meu palpite de que a bariátrica não vai me faz passar mal, mas a falta de vesícula sim. Sinto que as coisas muito gordurosas é que me fazem mal, acho não estou com a mesma capacidade de digestão delas. E me mata que eu estava comendo feito louca sabendo que estava me fazendo mal (até avisei o marido por duas vezes), mas eu olhava o pão italiano/torrada temperada (que ele tirava do meu prato) e eu simplesmente era INCAPAZ DE PARAR DE COMER.
A menina (namorada do meu irmão)deve estar com aquele pensamento típico da população em geral... "tadinha, operou e não pode ter vida social que fica passando mal" ... E isso me deixa muito puta da vida pois não corresponde a minha realidade. E eu tive que passar por isso justamente no dia de conhecer a menina!?!?! Mil vezes ódio!!!!!!

Detalhe: cheguei a propor de voltarmos lá pra eu comer aquela massa! Obviamente o marido falou: voltamos lá outro dia pra vc come-la. Bebi 2 iogurtes ainda.



7 comentários:

Nati W. disse...

Kkkkkk morry!
Mas achei válido, pq agora vc sabe e testou e agora sabe qual o seu limite!
Comemorar 1 ano de operada com sucesso é hiper válido esse mês! Vc merece!

Nana Raios disse...

Oi, acompanho seu blog há alguns meses, acho bastante completo, me ajudou bastante. Estou a 2 dias de ser operada, hora do frio na barriga e sempre algumas dúvidas de como será depois. Você está muito bem, parabéns! A propósito, já fez plástica? Fico me perguntando se a plástica será uma certeza, ou se é possível não ficar com o avental. Abraços!

Nati W. disse...

Flor,

Nesse 1 ano, vi que vc perdeu mais ou menos assim né?

1 mês = - 12kg
2 mês = - 8kg
3 mês = - 6kg
4 mês = - 6kg
5 mês = - 6kg
6 mês = - 6kg
7 mês = - 6kg
8 mês = - 6kg -> = 54 kg (total)
9 mês = - 3kg
10 mês = - 3kg -> = 60kg no total
11 mês = ?
12 mês = ?

Pq vi que você postou que no 1o mês eliminou 12kg
e no 2o mês o total foram 8kg off
e no 10o mês total 60kg off
então do 3o ao 10o mês vc perdeu 6kg em média?
ou tipo, vc perdeu mais no 3o e 4o mês tb e isso foi diminuindo gradativamente?

Mirela Dias disse...

KKK Van você é demais. Foi complicado mas a forma que voce conta é engraçado. Nao se deixe abalar, sacode a poeira e ergue a cabeça. Você está LINDA e o melhor de tudo SAUDAVEL. Beijoo

A Fim de Viver disse...

Naty, sabia que eu não tenho essa evolução? É uma pena né? Fiquei pensando onde eu poderia resgatar isso, acho que o blog seria a melhor fonte mesmo, mas pelo jeito não tem, né? Você me tem no facebook? https://www.facebook.com/van.afimdeviver
Mas não foi essa média alta assim não, teve meses tão difíceis..

A Fim de Viver disse...

Nana, manda notícias pra gente!!!!

Obrigada meninas, vocês são demais!!!

Nati W. disse...


Oi Flor,

Puxa tudo bem, eu é que sou certinha e chata demais mesmo com esse negócio de registrar tudo..rs...

O importante foi o resultado final!

Vou te add no facebook

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...